Gerais

Devoluções de Mercadoria

 

Por motivo imputável ao Cliente

 

O Decreto-Lei Nº. 143/2001 de 26 de Abril, estipula que “nos contratos à distância o consumidor dispõe de um prazo de 14 dias para resolver o contrato sem pagamento de indemnização e sem necessidade de indicar o motivo”. Para tal, o produto deve estar em perfeitas condições e não apresentar sinais mínimos de utilização. Estar no seu estado original significa que as embalagens, etiquetas e todo o produto deverá estar intacto.

 

Se não estiver satisfeito com os produtos encomendados e desejar proceder à devolução dos mesmos, deverá contactar os nossos serviços através do formulário de apoio ao cliente, indicando o número do Documento que acompanhou a mercadoria.

 

Os produtos deverão então ser devolvidos através dos CTT, ficando quaisquer despesas tidas com a devolução dos produtos sempre a cargo dos clientes.

 

Enquanto o artigo não é recepcionado nas nossas instalações, a responsabilidade do mesmo é do próprio cliente, pelo que aconselhamos o registo do envio.

 

Exclusões de Devoluções:

 

Em caso de verificação de alguma das seguintes situações, a Autopartes reserva-se o direito de não aceitar a Devolução:

 

  • Encomendas Especiais - Necessidade de recorrer aos stocks dos fabricantes para a satisfação do pedido e peças em fim de fabrico, em que tal tenha sido expressamente comunicado ao cliente
  • Componentes Eléctricos
  • Componentes de Injecção Electrónica
  • Peças que notoriamente tenham sido instaladas ou utilizadas
  • Devoluções que cheguem aos nossos serviços sem a nossa autorização prévia. 

 

 

Após confirmação da integridade dos produtos, ser-lhe-á dada a oportunidade de optar pelo reembolso mediante transferência bancária do valor total pago pela encomenda ( exceptuando os portes de envio da mercadoria) ou pela sua troca por outro(s) produto(s).

 

Por motivo imputável à Autopartes, Lda.

 

Se durante a entrega os produtos se apresentarem danificados ou os produtos recebidos não corresponderem ao solicitado, faremos novo envio sem quaisquer custo adicional para o cliente, desde que nos comunique a situação no prazo de 48 horas após a recepção da encomenda.

 

Os produtos deverão então ser devolvidos através dos CTT, acompanhados por cópia do Documento de Facturação da mercadoria, ficando quaisquer despesas tidas com a devolução dos produtos a cargo da Autopartes.

 

Enquanto o artigo não é recepcionado nas nossas instalações, a responsabilidade do mesmo é do próprio cliente, pelo que aconselhamos o registo do envio.

 

Se não nos for possível proceder ao envio dos novos produtos em tempo útil (por ruptura de stock, por ex.), será facultada ao cliente a possibilidade de optar pela troca do produto por outro qualquer, ou pelo reembolso mediante transferência bancária, o qual será efectuado no prazo máximo de 2 dias úteis.

 

Se a nova encomenda (resultante da troca) for de custo superior, o consumidor terá de custear a diferença, juntando ao pedido de troca o pagamento remanescente ou fazendo-o no acto de levantamento da nova encomenda. Caso contrario, se o custo da troca é inferior ao custo inicial o consumidor receberá, aquando da recepção do pedido um vale da diferença.

 

A Autopartes não aceita devoluções enviadas com portes a pagar ou contra-reembolso.

 

Cores (Devolução de Peça Velha – “Carcaça”)

 

Em certas situações, os fabricantes exigem a devolução da peça velha (Carcaça) no acto da aquisição da peça nova. Nestas situações, e porque a Carcaça ainda está montada aquando da aquisição da peça nova, há direito a débito de um valor definido caso a caso pelo fabricante.

 

É concedido ao cliente um período de 60 meses para a devolução da Carcaça. Após a recepção do Core, a Autopartes devolve o valor cobrado ao cliente, mediante transferência bancária, no prazo máximo de 7 dias (tempo necessário para a aceitação do Core pelo fabricante).

® Autopartes - Comércio de Acessórios e Automóveis Lda, Todos os direitos reservados